Atendimento 48 3223.2797

Área Cliente

Ajuda
 

Canal de Notícias

Descolado do exterior, Ibovespa sobe após denúncia contra Lula; dólar cai

Por O Financista

Juros

O mercado de juros futuros opera em queda diante de um pacote de notícias que alimenta o otimismo dos agentes de mercado. O principal impacto positivo vem da formalização de denúncia contra o ex-presidente Lula no caso do triplex do Guarujá pelo Ministério Público de São Paulo.

“Por aqui, o mercado já comprou a ideia que o atual governo está com seus dias contados e aposta em uma melhora do quadro político-econômico, pós-Dilma”, afirma Jefferson Luiz Rugik, diretor-superintendente da Correparti Corretora.

“O BCE cortando juros novamente e incentivando o consumo e o dólar em queda também ajudam na queda dos juros hoje”, diz Paulo Petrassi, chefe de renda fixa da Leme Investimentos.

A forte desaceleração da inflação medida pelo IGP-M (Índice Geral de Preços-Mercado) de 1,23% na primeira semana de fevereiro para 0,43% do mesmo período de março também colabora para o recuo das taxas.

Além disso, a queda do dólar e a expectativa com a convenção do PMDB no próximo sábado (12) segue no radar. “Eles podem tirar o apoio à presidente de aumentar chance de impeachment”, opina Petrassi.

Neste contexto, a taxa de juros negociada na BM&F (Bolsa de Mercadorias e Futuros) com vencimento em janeiro de 2017 tinha queda de 13,87%, no fechamento do último pregão, para 13,83%. O contrato do juro para janeiro de 2018 recuava de 13,93% para 13,82% e a taxa para janeiro de 2019 caía de 14,18% para 14,12%.


(Com Reuters)

 

Av. Trompowsky, 291 - Torre II - Sala 705 - Centro - CEP: 88.015-300 Florianópolis - Santa Catarina - Brasil

Atendimento 48 3223.2797